BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Esclerose Multipla e Eu


Todo recomeço é difícil e o meu não está sendo diferente. Dei uma sumida nos textos mas explicarei o porque...

A minha vida começou a mudar há um mês,quando comecei a sentir uma dormência na barriga e no braço,foram vários médicos para descobrir a causa. Até que por ultimo,exatamente dia 17/06 passei no neurologista e o diagnostico foi Esclerose Múltipla.Mas não conhecia esta doença,fiquei apavorada..E como era uma leiga nesta doença,explicarei para vocês..

ESCLEROSE MULTIPLA É caracterizada também como doença desmielinizante, pois lesa a mielina, prejudicando a neurotransmissão. A mielina é um complexo de camadas lipoproteicas formado no início do desenvolvimento pela oligodendroglia no SNC, a qual envolve e isola as fibras nervosas (axônios), permitindo que os nervos transmitam seus impulsos rapidamente, ajudando na condução das mensagens que controlam todos os movimentos conscientes e inconscientes do organismo. Na Esclerose Múltipla, a perda de mielina (desmielinização) interfere na transmissão dos impulsos e isto produz os diversos sintomas da doença. Descobertas recentes indicam que os axônios sofrem dano irreversível em conseqüência do processo inflamatório, o que contribui para uma deficiência neurológica e, em longo prazo, para a invalidez. Os pontos onde se perde mielina (placas ou lesões) surgem como zonas endurecidas (tipo cicatrizes), que aparecem em diferentes momentos e zonas do cérebro e da medula espinhal. Literalmente, Esclerose Múltipla, significa episódios que se repetem várias vezes. Até certo ponto, a maioria dos pacientes se recupera clinicamente dos ataques individuais de desmielinização, produzindo-se o curso clássico da doença, ou seja, surtos e remissões.

E começou a mudar tudo na minha vida, vi o quanto a minha vida é importante, e quero viver muito e bem com a minha família. Eles são a minha força... Também percebi como meus amigos são importantes neste momento, o apoio que eles estão me dando está sendo essencial para o tratamento.

Agora, estou encarando melhor, vi o quanto às pessoas viver bem, às vezes até melhor depois da doença. E sei que tenho forças o suficiente para superar o obstáculos da vida.

Até a próxima pessoal...


Postado por Gabriela

1 comentários:

Lilly disse...

Eu acredito que todas as situações que acontecem nas nossas vidas devem servir para nos fazer evoluir, e contigo não vai ser diferente. Sou enfermeira e acompanho pacientes com esclerose múltipla, e posso dizer que é possível viver com qualidade de vida após o diagnóstico. Boa sorte e coragem!!!