BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Feliz Aniversário!


Há exatos três anos eu estava, nesta hora, babando por uma criaturinha que mal abria os olhos e que mexia muito os bracinhos e as pernas. Era bem cabeludo e, juro, não tinha o rosto enrugado. Eu lembro que o peguei no colo assim que ele foi para o quarto e babava junto com toda a família ao redor daquela coisinha que conseguia ser tão linda e tão frágil ao mesmo tempo. Era o bebê mais aguardado do mundo porque, para mim, ele não era apenas o meu primeiro sobrinho que estava nascendo, mas também, meu afilhado, que cresceria conosco e que seria criado junto com meu filho, que nasceria cinco meses depois.
E hoje, quando meu sobrinho Gabriel está completando três aninhos, eu percebo como o tempo está passando rápido. Lembro dele mamando, dele dormindo no carrinho, no berço. De ele aprendendo a sentar, depois a ficar de barriga para baixo e levantar o pescocinho. Sempre muito simpático e risonho. Os seus cachinhos de anjo, que emolduravam aquele rostinho redondo e bochechudo. E aqueles pés de bisnaguinha? Era olhar e ter vontade de morder! Lembro dele correndo pela casa com o andador, do tombo que ele levou na casa da minha mãe, do rosto que conseguiu ficar ainda mais fofo quando ele teve catapora. Lembro do dia em que ele veio bem cedinho pra minha casa e dormiu na cama comigo e com o Lê, que depois o levou para a escola.
E também me lembro da noite em que jantamos todos juntos, na sua última noite morando em São Paulo. Há pouco mais de 1 ano, meus cunhados mudaram para Brasília, em busca de uma vida com mais qualidade. Embora eu dê o maior apoio para esta decisão, não posso mentir que morro de saudades e gostaria que eles ainda estivessem aqui. Dói demais acompanhar o crescimento do meu sobrinho por telefone e internet. Dói não tê-los por perto. Dói perceber que o tempo está passando rápido e que todos nós estamos vivendo momentos que seriam ótimos se pudéssemos compartilhar todos juntos.
E é em busca de mais um destes momentos que a gente tanto sente saudade, que estamos indo para Brasília nesta sexta-feira. Vamos comemorar o aniversário do meu gatinho, como fizemos no ano passado. A última vez que nos vimos foi no Natal e confesso que já está difícil falar com ele ao telefone e não chorar de tanta saudade. A viagem vai ser curta, mas vai valer a pena, tenho certeza. Vai aproximar dois primos que se adoram mesmo se vendo tão pouco, três irmãos que sentem muita falta um do outro, os avós que ficam de coração apertado e três cunhadas que são praticamente três irmãs. Quando eu começo a pensar em tudo o que vamos passar nestes dias, seja jogando qualquer um dos nossos jogos até de madrugada, batendo papo, saindo ou simplesmente vendo TV juntos, eu acredito que a vida vale a pena. Porque este amor “de graça” é a melhor coisa do mundo. E ao meu sobrinho-afilhado Gabriel, todo o meu amor, minha saudade, meu carinho. Espero que ele saiba que eu o amo como amo o meu filho e que estarei sempre aqui para ele, aconteça o que for, seja aonde for. Minhas preces para que Deus continue dando saúde e iluminando aquele rostinho tão especial, que trouxe ainda mais alegria à nossa vida. Feliz aniversário, meu anjo!


Postado por Denise

2 comentários:

Evelyn disse...

Ah... Chorei...
Me deu uma saudade imensa do Biel, da Michele e do Edu.

Dê, por favor, mande um mega beijo pra eles, ok?

Saudades de vocês também!

Beijos

Andréa disse...

Querida,
faça uma boa viagem e aproveite cada minuto ao lado dessa turma.
E quando voltar conte tudo pra nós!!
PS: o texto é liiiiiindo, viu?
Beijão,
Kika