BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 4 de julho de 2009

Tolerância Zero



Nunca pensei que, exatamente na metade dos meus 30 anos, eu fosse estar tão intolerante e, sinceramente, sinto que cheguei ao auge da minha impaciência.
Tô, como nunca estive antes, cansada, enojada, desgastada, irritada, impaciente etc etc.
Sei que quem me conhece vai estranhar esta minha realidade, já que sempre fui muito alegre e extrovertida, mas é exatamente assim que eu estou me sentindo nos últimos dias. Isso não significa que eu tenha mudado minha forma de agir na empresa ou com amigos. Continuo me divertindo, saindo, levando minha vida normalmente, mas existem momentos e situações que eu tenho vontade de gritar, berrar, quebrar tudo, literalmente.
Vou citar alguns exemplos que estão me enojando e desgastando:
- Dizer ainda para algum(a) FDP que quando estiver escovando os dentes, faça a gentileza de fechar a torneira! Será que o(a) imbecil não percebe que é para economizar água? E quantas pessoas eu ainda vejo "varrendo" a calçada com a mangueira!!! GENTEEEEEEEEEEE, por favor, vamos pensar no coletivo!
- Jogar Papel no chão: simplesmente INACEITÁVEL! Esse não quero nem comentar, tenho vontade de fazer a criatura engolir a merda do papel e virar uma lata de lixo dentro do carro do FDP que faz isso;
- A disputa desleal pelo poder, PQPPPPPPPP, me fala, é realmente necessária? Será que as pessoas não poderiam simplesmente vencer por suas habilidades e qualidades??
- Ligar para o cartão de crédito, ou algum serviço de telefonia: alguém avisa para o debilóide do outro lado da linha que ele é pago para prestar um bom serviço e que nas horas vagas, ele também é um consumidor! Me poupem, please! Já desligaram até o telefone na minha cara... humpf;
- A corrupção no Brasil, esse país tá parecendo um circo;
- A impunidade, a violência gratuita;
- A falta de educação das pessoas: desde quando ser mal educado esta em alta? Falar um bom dia, boa tarde e por favor não vai deixar ninguém sem língua;
- A falta de comprometimento das pessoas com as suas obrigações;
- O pouco caso com a fome alheia;
- A não evolução do espírito;
- Gente chata e gente bêbada chata me irritam, por isso que tôquerendo parar de beber... rsrs;
- Briga entre torcidas;
- Fila no banco;
- As cobranças dos outros;
- Fila p/ estacionar o carro na balada, fila p/ entrar, p/ pegar uma bebida, p/ ir ao banheiro, p/ pegar a bolsa na chapelaria, p/ pagar a comanda, p/ pegar o carro, etc etc ;
- Pessoas que com um mínimo de poder, já mostram que não deveriam ter poder algum;
- As guerras;
- O trânsito em São Paulo, bom people, esse é o que mais tem me tirado do sério. Já perceberam como as pessoas se transformam no trânsito? Realmente é uma selva, um salve-se quem puder, tem gente que não dá seta antes de entrar na pista, vai cair o dedo do FDPPPPPPPP se ele fizer? Eu deveria ter uma bola de cristal para adivinhar as atitudes alheias??? Bom, eu no meu caso, até tento me distrair, ligo o rádio na Transamérica e vou escutando o Primeiro Programa que eu adoro. Se bem que agora mudou o horário, é só das 6 as 7 da manhã... quero saber quem foi o ESPERTO que fez isso.
Aí, vou sentido Av.do Estado, ahhhh genteeeeeeeeeeeee.....parece que tem pessoas que estão andando de ré, porra, engata a primeira, se mexe, o ser humano na frente não deve estar respirando, só pode....pois é chego ali na Senador Queiroz....ahhhhh, ali é o inferno, um vucu vucu de carros, um samba do crioulo doido, é carrinho de mexerica, de banana, abacaxi que você tem que desviar, é ônibus que vem de todos os lados....motoboys, mais carrinhos de frutas, putz...chega na empresa sugada já. E quando o trânsito não esta fluindo, e o INDIVÍDUO atrás de vc ou da farol ou buzina....ahh genteeeeeeee...me poupe, não esta fácil viu.
Bom se eu fosse citar tudo o que está me irritando, ficaria dias aqui.
Por isso que estou querendo sair de cena por uns dias, quero ficar no Silêncio Sozinha, se bem que nem comigo eu me aguento às vezes (rsrsrs), achei até um retiro que pratica o silêncio. Acho que só assim vou me equilibrar de novo para poder enfrentar tudo novamente.

Já peço desculpas a todos pelos palavrões e desabafos acima, mas xingar tem sido a única coisa que me desestressa ultimamente, e para falar a verdade, nem o texto de hoje eu tava no clima de escrever... rsrs

Postado pela impaciente da Juliana

3 comentários:

Denise disse...

Ju, a gente lê este texto e dá vontade de berrar: Socoooooooorro! rsrs Dá pra sentir toda a fúria nas suas palavras e, acredite, não parece exagero. Tem gente que não se toca, que não olha pro lado, que faz da vida o que bem entende e não pensa no próximo, tampouco, no futuro. Como vc mesmo disse, vc é extrovertida e, querida, tem um coração enorme. Isso é só uma fase, este período com vc mesma só vai te fazer bem e carregar sua bateria para voltar pra selva! rs Amei o texto, é hilário e mto verdadeiro!rs Seria cômico se não fosse trágico. Beijos

Di Valente disse...



Boa estada no retiro ! heheheh

Vc deveria ser a personagem principal do filme "UM DIA DE FÚRIA" kkkk

Mas falando sério, eu sou estressada SIM, mas realmente o fator externo coopera demais com esse estress....

Se vivessemos em uma cidade mais tranquila com certeza não seriamos assim, S.Paulo é uma cidade estressante, as pessoas estressadas, então dificilmente quem vive aqui consegue ser pessoas calmas.

Por isso eu vou pra carpinone que deve ter uns 1000 habitantes.....Lá vou buscar com certeza minha paz interior.
É um retiro e tanto, garanto rsrs...

Bjs

Evelyn disse...

Oi Ju!!!
Menina, eu ano estressada igual você, sabe?
Tudo me irrita, toda hora tenho vontade de mandar eu chefe ir à PQP, só me seguro porque não tenho ninguém pra pagar meu aluguel...

Beijos